terça-feira, 23 de agosto de 2011

Por Liniers, genio argentino.

Um comentário:

Ricardo disse...

Muito bom, me lembra do ótimo cartunismo argentino, como as tirinhas da Mafalda.